Historia

Uma breve historia...

A Bayerische Motoren Werke, que construiu os motores de aviao BMW durante a I Guerra Mundial, foi uma das muitas firmas alemas que se viraram para a producao de motociclos no inicio da decada de 1920, quando forcadas a abandonar o seu trabalho na industria de aviacao devido ao Tratado de Versailles. A BMW e BFW tinham empregue mais de 3500 pessoas durante a Grande Guerra, tendo a BMW sido formada em 1917 apos uma re-organizacao da Rapp Motorenwerke e mais tarde expandida com a fusao da BMW e a BFW, da qual fazia parte a antiga Otto-Flugzeugwerke.

Gustav Otto era filho de Nikolaus August Otto, o famoso inventor do motor de ciclo a quarto tempos de combustao interna. Gustav era um aviador e um dos pioneiros da aviacao na Bavaria. Em 1910 ele instala-se na Lerchenauer Strasse (perto do actual Estadio Olimpico de Munique) a leste de Oberwiesenfeld, no distrito de Munique e cria as firmas Otto-Flugzeugwerke, AGO Werke e uma escola de pilotagem . Devido a problemas de qualidade na construccao dos seus avioes (em especial vibracoes), as encomendas de avioes por parte das militares da Prussia, entao envolvidas na Grande Guerra, comecarm a esgotar devido a Otto nao demonstrar eficacia na resolucao destes problemas. Com problemas financeiros, a Otto foi comprada por um consorcio que incluia a MAN AG em Fevereiro de 1916. A AGO acabou por ser adquirida e absorbida pela AEG em 1918.

Karl Rapp estabeleceu a Rapp Motorenwerke numa antiga fabrica de bicicletas, tambem perto de Oberwisenfeld (esta area viria a ser o primeiro aeroporto de Munique). A Rapp especializava-se na construccao de motores aeronauticos. Apos a eclosao da Grande Guerra, a Rapp comecou a fornecer motores as Forcas Armadas Austriacas. Todavia, estes motores sofriam de graves problemas de vibracao, criando um rapido declinio nas encomendas destes motores poucos performantes. Felizmente a Rapp construia sob licenca o motor aero Daimler V12, devido a Austro Daimler nao ter capacidade de resposta as suas encomendas. O oficial da Marinha Austriaca a supervisionar a qualidade de construccao destes motores Daimler pela Rapp era Franz Josef Popp, enviado de Vienna para Munique. Foi Popp, que nao se restringiu ao papel de supervisor e se envolveu na gerencia geral da firma, que reparou na falta de um engenheiro competente na Rapp e, convenceu o reticente Karl Rapp a aceitar o contracto do jovem engenheiro desenhador de motores aeronauticos da Daimler, Max Friz.

Max Friz em poucas semanas desenhou um novo motor aeronautico com um inovativo carburador e outra miriade de detalhes tecnicos, que o tornava superior a qualquer outro motor aeronautico Alemao. Mais tarde, este motor teria fama mundial sob o nome de “BMW IIIa.”

Contacte-nos!

Onde estamos

Catalogos

Este reconhecimento que Max Friz ganhou com o seu motor, tornou o facto obvio que os desenhos de Karl Rapp eram inadequados e mantiveram a companhia longe do successo. Em 25 de Julho de 1917, os socios da firma terminaram o contracto do proprio Karl Rapp, decisao ha muito esperada. Com a saida do homem que deu o nome a firma, outro nome era naturalmente necessario, por isso, em 21 de Julho de 1917, a Rapp Motorenwerke GmbH tornou-se na Bayerische Motorenwerke GmbH
ou seja BMW.

A mudanca do nome levou a gerencia a desenhar um novo logotipo para a companhia, a famosa sigla BMW e registada e patenteada nesta altura. Inicialmente o logotipo era similar ao previo emblema Rapp. Assim, ambos tinham o nome da firma num circulo negro, que novamente foi dada uma imagem interior

You are viewing the text version of this site.

To view the full version please install the Adobe Flash Player and ensure your web browser has JavaScript enabled.

Need help? check the requirements page.


Get Flash Player